Entrevista: Henry Cavill, o Imutável de o Homem de Aço


Henry Cavill deu uma entrevista durante as filmagens de Batman vs Superman: A Origem da Justiça para a revista mexicana Cine Premiere.

imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com imagebam.com

Confira a entrevista completa traduzida abaixo.



Superman. Henry Cavill, O imutável Homem de Aço.
 
Eu entrevistei o britânico em seu trailer enquanto ele estava num intervalo das filmagens. Ele ainda estava vestido com seu uniforme de Superman, mas sem a capa. Foi estranho ter um super-herói que voa mais rápido que um avião sentado em uma sala. Como um bom britânico, ele me ofereceu um lugar para sentar, algo para beber e apresentou seu cachorro, um akita chamado Kal-El (nós temos que perguntar para ele o porquê?). Algumas das respostas que você vai ler foram interrompidas por demonstrações de afeto de Kal-El para o Superman e vice versa, o que era seguido por pedidos de desculpas. Esse cara é tão legal, que é fácil ver o porquê que ele também é Clark Kent.
 
Como você se sente sobre essa sequência?
Me sinto bem, a melhor maneira de colocar é que como ser humano, vários anos se passaram, eu tenho mais experiência de vida e eu posso lidar com a minha mente muito melhor. Eu me conheço melhor e sei como lidar comigo mesmo e com os filmes.
 
E você não está com ciúme de ter outro grande super-herói no seu filme?
Não não, Superman não fica com ciúmes. Não de outros super-heróis.
 
Então como você está lidando com o Batman?
Eles são os lados opostos da mesma moeda, eles querem fazer a mesma coisa, mas de formas diferentes e eles não necessariamente concordam com a metodologia do outro, o que significa que temos um problema, é de onde vem o “vs” do título.
 
O que aconteceu durante esse tempo com o Superman? Ele mudou?
Ele se encontrou, ele não está mais procurando por si mesmo. Agora ele é conhecido, ele está lidando com um mundo que tem muitas opiniões sobre ele, com vários grupos de pessoas debatendo sobre sua existência.
 
E agora vai ter um dos vilões mais icônicos: Lex Luthor…
Assim como “O Homem de Aço” é uma história de origem, agora nós vamos ver a de Lex. Quero dizer, essa é a nossa introdução a ele. O que é divertido é que nós podemos ver as reações dos humanos ao Superman, não só da população, mas de indivíduos como Lex e Batman que tem visões e opiniões bem claras sobre o assunto.
 
E obviamente, isso que começa com a briga que o mundo todo quer ver…
Nós temos um grande time de dublês, liderado por Damon Caro, ele fez tudo isso parecer grandioso. Nós passamos um bom tempo em Detroit treinando na academia, para a coreografia sair corretamente. Ele também se certificou que eu me movesse de um certo jeito, porque o Superman não é um lutador treinado, ele não tem ninguém ou qualquer coisa para treinar, ele sobrevive através de seus poderes, ele não está à procura de briga. Damon se certificou que meu corpo se movesse dessa forma, enquanto ganhava experiência. Cada movimento tinha uma intenção por trás disso, mas não era necessariamente machucar.
 
Qual é a sua opinião sobre as reações ao primeiro filme e o que você usou disso para esse filme?
A reação dos fãs foi incrível, eu adoro ir até fóruns e ler o que eles têm a dizer, eu realmente gosto. Tem pessoas que estão bem chateadas e dizem coisas terríveis, é hilário. E tem as outras pessoas que apoiam e estão genuinamente interessadas, você vê a guerra entre os que querem zoar e aqueles que realmente se importam. Eu amo ler essas coisas, é divertido para mim. Mas as suas reações são fantásticas em comparação com o primeiro. Antes, o Superman estava no coração das pessoas, então por ter um novo jovem no papel, todo mundo dizia “Eu não sei se ele pode fazer isso, ele não é grande o suficiente”. Depois eles colocaram mais fé e as pessoas ficaram mais empolgadas. Quando o filme foi lançado, eles estavam bem divididos, alguns diziam “ele não pode estar fazendo isso” e outros diziam que era totalmente fantástico. A mesma coisa está acontecendo agora, não mais sobre mim, agora é a especulação, todo mundo tem opiniões.
 
Em 2013 você foi para o México promover O Homem de Aço, como foi?
Foi uma viagem muito curta, muito curta mesmo. Eu adoraria voltar ao México, conhecer melhor. Você pode pensar que pode ter uma pequena experiência de como é visitando a Califórnia, mas na verdade não é a mesma coisa.  Você prova a comida, é comida mexicana! Não tem outra igual. Quando eu tiver algum tempo livre, eu vou adorar visitar a cidade do México, é um dos meus destinos de viagem, México aqui vou eu!
[Read it in English HERE] 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *