Henry Cavill Charity Updates #8

Como embaixador de causas como a Durrell Wildlife Conservation Trust e o Royal Marines Charity, o ator britânico Henry Cavill apoia e divulga campanhas, além de participar de eventos, para ajudar a angariar fundos em prol dessas instituições.

Nossa coluna mostra as principais atualizações dessas instituições na semana.

O destaque da semana para a Durrell Wildlife Conservation Trust foi o evento Durrell Challenge, Desafio Durrell, que ocorreu em Jersey, no último domingo e contou com a presença do embaixador da instituição Henry Cavill.

A programação contou com uma corrida de 13k, com mais de 500 participantes, na qual Henry participou com familiares e amigos. Além de várias atividades no parque para toda a família com bandas de música, vendas de artigos locais e também o sorteio da rifa que premiava um sortudo com um convite para assistir a premiere do filme da Liga da Justiça, que estreia em novembro.

Todo o valor arrecadado com as inscrições e atividades no parque, são revertidos para a Durrell Conservation, que mantém projetos de preservação de espécies por todo o mundo.

Em suas redes sociais, a Durrell agradeceu a todos os participantes, voluntários e parceiros pelo grande sucesso do evento.

“Um enorme obrigado a todos que fizeram o Durrell Challenge 2017 um evento seguro, divertido, amigável e bem-sucedido. Especificamente desejamos agradecer a todos os funcionários e voluntários do Jersey Zoo, eventos 3D, oficiais de polícia honorários de Jersey, as paróquias de St. Helier e Trinity, marechais de curso voluntário, Ian Le Gallais, resgate de Normandia, Dave Curtis, equipes de estação de água voluntária, FR Systems, Studio M, 3C International, Marquee Solutions, Estágio 2 Produções, Rebecca Loos, Portos de Jersey, & AG Fisioterapia e Desporto Lesões Clínica. Naturalmente, não devemos esquecer Henry Cavill e sua equipe, nossos talentosos artistas locais, expositores, fornecedores e, é claro – VOCÊ! Nós não pensamos que poderíamos superar o último ano – mas conseguimos! Estamos ansiosos para 2018!”

Sorridente e atencioso como sempre, Henry concedeu entrevistas, tirou fotos com fãs, deu autógrafos e desfrutou de um dia alegre matando as saudades de sua terra natal. Estamos ansiosos pela edição de 2018!

Em nossas redes, você pode acompanhar a cobertura do PHCBR do Desafio Durrell 2017.

Outro destaque da semana foi a confirmação de que o documentário Durrell’s Underhogs, será exibido no Festival de Cinema de Conservação da Vida Selvagem em Nova York, que acontece de 16 a 19 de outubro.

O documentário de 45 minutos, dirigido por Daniel Crevan, (diretor de voluntários da Durrell Wildlife Conservation Trust), mostra o esforço de preservação do porco pigmeu – o menor do mundo – em Assam, na Índia. A espécie que já foi considerado extinta, conta agora com 100 porcos monitorados na região.

A Durrell também divulgou, nessa semana, informações sobre a semana Gerald Durrell, que acontece na Academia de Conservação Durrell, em Jersey, de 15 a 21 de julho.

O curso, dirigido pela presidente honorária Sra Lee Durrell, mostra (com palestras, leituras, passeios e visitas), como o trabalho de Gerald Durrell se mantém ao longo dos anos, bastidores do funcionamento do parque zoológico e dos projetos que ele coordena ao redor do mundo.

Você também vai aprender sobre nossos principais programas de conservação em Madagascar e Maurício e os impactos que eles estão tendo em espécies, habitats selvagens e pessoas.

Haverá visitas de campo aos nossos projetos baseados em Jersey para ver como estamos contribuindo para a conservação da vida selvagem na Ilha. Você vai aprender sobre a fascinante história natural de Jersey de especialistas locais, e você vai visitar lugares de interesse histórico e cultural ao redor da Ilha. Tudo isso permitirá que você descubra a Jersey que se tornou a casa de Gerald Durrell por mais de 35 anos.

Para mais informações, CLIQUE AQUI.

Para encerras a semana nas publicações da Durrell, o arquivo de fotos divulgou na última quarta-feira uma imagem de Gerald com o pássaro Sul-Americano Trumpy, dando boas vindas aos visitantes do zoológico em Jersey.


Essa semana os Royal Marines comemoraram o sucesso de um dos maiores treinamentos da década, de seu Commando.

O exercício Wessex Storm, envolveu mais de 1.500 funcionários, e foi supervisionado pela Unidade de Treinamento de Campo do Exército Britânico. Cerca de 700 funcionários do Commando 40 descamparam de sua base em Taunton e se dirigiram para Salisbury Plain, a maior área de treino militar no Reino Unido, que ofereceu a oportunidade de realizar programas de treinamento difíceis, como operações urbanas e treinos aéreos.

O sistema é inestimável para os comandantes, uma vez que lhes permite avaliar e rever táticas, movimentos de tropas e identificar áreas-chave para melhoria.”

Também foram colocados à prova os soldados do 1º Batalhão de Guardas Galeses, a 1ª Guarda de Dragão da Rainha, os elementos da Reserva do 3º Batalhão Real Galês e da Artilharia Real do Regimento 104.

As atividades do treinamento são para garantir que os militares estejam prontos para atuar em defesa e ataque, em situações de crise em qualquer lugar do mundo, especialmente em ambiente urbano.

Outro destaque nas redes dos Royal Marines, foi para o retorno do 45 Destroyer HMS Daring, a Portsmouth, depois de passar nove meses no mar protegendo algumas das vias marítimas mais importantes do mundo.

O Destroyer visitou 12 países – entre eles Romênia e Bulgária –  após deixar o porto de Portsmouth em setembro do ano passado, com quase 260 pessoas a bordo, incluindo uma equipe de embarque Royal Marines que embarcou no vôo de Yeovilton baseado no 825 Naval Air Squadron.

Todo mundo a bordo tem contribuído para a segurança e estabilidade de uma das áreas mais importantes do mundo para o comércio internacional, algo que realmente merece reconhecimento.”

O navio conta com um helicóptero, (o Wildcat Mk2), e em suas missões atua garantindo defesa aérea, na proteção contra ataques marítimos, combatendo a pirataria e também atuando contra ações de terroristas e contrabandistas.

“Cerca de 95 por cento da atividade econômica da Grã-Bretanha em volume depende do mar e uma grande quantidade de comércio global passa por toda a região”.

Fechando a semana nas atualizações dos Royal Marines, haverá neste sábado, (20), uma apresentação da Banda Royal Marines Service.

O concerto marca o 35° aniversário da perda de HMS Antelope no conflito das Maldivas, e

acontece na Catedral Hereford, na Inglaterra.

A catedral abriga o maior mapa-mundi medieval do mundo, pintado entre os anos de 1276 e 1285 por Richard de Haldingham e Lafford.

As inscrições são em tinta preta, com a adição de ouro e vermelho e os mares e rios são em azul, verde, e o Mar Vermelho em cor vermelha, e nele estão representadas 420 cidades, 15 eventos bíblicos, 33 animais e plantas, 32 pessoas e cinco cenas da mitologia clássica.

Todos os valores arrecadados nas campanhas e eventos dos Royal Marines revertem em ações de melhoria nas condições de trabalho dos oficiais em serviço, e na assistência às famílias de militares mortos em missões. Os fundos são revertidos também em tratamentos médicos e psicológicos e em pesquisas de tecnologias e equipamentos – como próteses – para oficiais feridos em combate.


Faça como Henry Cavill e ajude a essas causas sérias.

Acompanhe o Portal Henry Cavill para conhecer mais sobre o trabalho da Durrell Wildlife Conservation Trust e do Royal Marines Charity, e acesse os endereços abaixo para saber como ajudar

»»» theroyalmarinescharity.org.uk/
»»» www.royalnavy.mod.uk/our-organisation/the-fighting-arms/royal-marines
»»» www.durrell.org
»»» cavillconservation.com

[VEJA TODOS OS POSTS ‘HENRY CAVILL CHARITY UPDATES‘]

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *