Matéria Especial | Henry Cavill Ganha Parceiro Como Embaixador da Durrell

O ator britânico Henry Cavill é um dedicado embaixador da Durrell Wildlife Conservation Trust. Ele criou a #CavillConservation para divulgar e apoiar as causas da organização e participa de vários eventos, como o Desafio Durrell, que aconteceu em Jersey, no último dia 15 de maio.

Agora ele não está mais sozinho nessa missão. Com o lançamento da série de TV The Durrells, do canal ITV1, o pequeno e talentoso intérprete de Gerald (Gerry) Durrell na série, Milo Parker, dividirá com ele o posto de embaixador e ajudará a promover os projetos da Durrell para o mundo.

A série que estreou em 3  de abril de 2016, é baseada em três livros autobiográficos de Gerald Durrell. Ela mostra os fatos da família entre os anos de 1935 e 1939, quando a mãe de Gerry – Louisa Durrell – resolveu se mudar de Bournemouth, (uma cidade turística ao sul da Ingaterra), para a ilha grega de Corfu com seus 4 filhos. Pouco tempo após perder seu marido e motivada pela dificuldade financeira que se abateu sobre a família, Louisa foi tentar a vida no meio de um paraíso terrestre, embora ele não tivesse energia elétrica disponível na época.

Assista o trailer:

Escrita por Simon Nye e dirigida por Steve Barron, The Durrells tem no elenco Keeley Hawes (Louisa Durrell), Milo Parker (Gerry Durrell), Josh O’Connor (Larry Durrell), Daisy Waterstone (Margo Durrell) e Callum Woodhouse (Leslie Durrell), entre outros atores.

A crítica de estreia foi muito boa, o Daily Mail pontuou a série com 5 estrelas e destacou as atuações de Keeley Hawes como “magnífica e indomável viúva” e de Milo Parker como um “excelente” Gerry.

Parker estudou na Youngblood Theatre Company e estreou no cinema no filme de ficção científica britânico Robot Overlords (Sob o Domínio dos Robôs – 2014), e também atuou ao lado de Ian McKellen em Mr. Holmes (2015), papel que lhe rendeu a indicação de ator revelação no Critics Choice Awards.

Os projetos da Durrell englobam formação e conscientização conservacionista, reflorestameno, reprodução em cativeiro de espécies ameaçadas de extinção e proteção das mesmas.

O parque Durrell Wildlife, que fica em Jersey, terra natal de Henry Cavill, abriu suas portas em 1959 com animais trazidos de expedições que ele promoveu em Camarões e na América do Sul, para reprodução em cativeiro e conscientização sobre a preservação das espécies e seus ecossistemas.

Gerald acreditava que “o objetivo principal de um jardim zoológico deve ser para atuar como uma reservA de espécies criticamente ameaçadas que precisam de reprodução em cativeiro, a fim de sobreviver. Eles podem servir aos propósitos secundários de educar as pessoas sobre a vida selvagem e história natural, e de educar os biólogos sobre os hábitos do animal.

Zoológicos não devem ser executados para fins de entretenimento apenas, e espécies não ameaçadas deveriam ser reintroduzidas em seus habitats naturais.

Um animal deve estar presente no zoológico apenas como último recurso, quando todos os esforços para salvá-lo em estado selvagem falharam. Cada animal merece comida de sua escolha, e um companheiro de sua escolha; e um ambiente agradável e interessante”.

Com esse respeito e carinho pela vida selvagem Durrell deixou um legado que continua a proteger a natureza em todo o mundo, e é esse trabalho que os embaixadores  Henry Cavill e Milo Parker apóiam e divulgam.

Saiba mais sobre a Durrell Conservation em www.durrell.org e no cavillconservation.com

Não se esqueça de acompanhar todos nossos posts relacionados a Durrell e CavillConservation.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *