NOMIS | Entrevista com diretor David Raymond em parceria com HenryCavillOrg

Entrevista exclusiva feita por  Henry Cavill Org em parceria com Portal Henry Cavill durante a premiere de Nomis com o diretor David Raymond, que nos convidou para a exibição exclusiva no Los Angeles Film Festival.

Nessa entrevista Raymond fala sobre os bastidores de Nomis na fria Winnipeg, Canadá, sobre Henry Cavill e seu personagem Marshall, comemora o sucesso do longa no festival e conta que Cavill É o Superman.


Entrevista exclusiva com o diretor de Nomis, David Raymond sobre Henry Cavill

Em parceria com o Portal Henry Cavill Brasil, Henry Cavill Org conseguiu comparecer a especial estreia mundial nas telas de Los Angeles de Nomis, estrelando Henry Cavill, Alexandra Daddario e Ben Kingsley entre outros. Esse tenso thiller psicológico do diretor David Raymond projetado na última noite para fechar o Los Angeles Film Festival. O filme foi bem recebido, com uma ovação de pé ao final do lotado Arclight Hollywood Theater.

Nós alcançamos David na premiere e fizemos algumas perguntas sobre Henry, o filme, e seus pensamentos sobre Missão Impossível- Efeito Fallout e a recente controvérsia sobre Cavill continuar ou não a interpretar Superman. Nós também fizemos algumas perguntas do nosso parceiro, Portal Henry Cavill Brasil (assinalado com PHCB após as questões).


HCO
:
Primeiramente, como você se sentiu com a ovação após a estreia de Nomis no LAFF?

David Raymond: Maravilhoso. Testes de público não eram uma opção durante o processo. Então com exceção de alguns poucos amigos e familiares, eu nunca tinha mostrado para uma plateia apropriada. Foi um alívio, pra dizer o mínimo, ver que o público reagiu da forma como o fez e aprovou o filme.


HCO:
Conte como surgiu a oportunidade de fechar o LAFF.

DR: O filme foi financiado independentemente então você sempre procura uma plataforma para mostrar o filme para os estúdios e distribuidores em sua melhor apresentação (por exemplo, em frente a uma audiência). Assim que finalizamos, começamos a debater opções e o Festival assistiu e imediatamente nos ofereceu o fechamento da noite de gala. Felizmente os astros se alinharam.


HCO:
Em que ponto surgiu a ideia de Henry Cavill para Marshall e quão realistas você achou que seria tê-lo no filme?

DR: Um(a) agente o sugeriu e eu inicialmente pensei… “De jeito nenhum ele vai fazer isso”. Você pode imaginar meu queixo indo ao chão quando uma ligação chegou dizendo “Henry quer te conhecer”


HCO:
O que em Henry fez você pensar que ele seria perfeito pro papel?

DR: Henry está interpretando um personagem cuja jornada emocional os sobre o que ele não diz. Ele se coloca em um isolamento emocional auto-imposto, tem uma turbulência interna acontecendo que o está impedindo de ser o homem que ele sabe que pode ser. Eu sempre senti que Henry é um desses raros atores que podem dizer muito sem pronunciar uma palavra. Há uma intensidade que é inegável. É só uma questão de deixa-lo livre. Eu penso que o que ele fez com Marshall é notável.

PHC: Como diretor, como você ajudou Henry a trazer Marshall a vida?
DR: É uma verdadeira parceria, que é o relacionamento ideal entre qualquer diretor e seu protagonista. Ele é muito colaborativo e um verdadeiro cineasta de coração, que quer o que você quer… Fazer o melhor filme possível. É uma generosidade que vai além da nossa parceria e faz-se de exemplo para o resto do elenco e da equipe, que é inestimável.


PHC: Nos conte sobre o desafio que foi filmar em temperaturas tão extremamente baixas. Nós vimos o vídeo que Henry Cavill postou no Instagram durante as filmagens e parecia muito frio. Quão difícil foi administrar isso? 

DR: Ele é fisicamente anormal, e não estou falando sobre seus músculos. Aquele homem pode ficar no frio usando um sweater e ainda sorrir, onde eu estava batendo os dentes como um bebê, vestindo o que muitos descreveriam como uma cama inteira nas costas.


HCO: Você pode dar algum detalhe sobre onde e quando o público geral vai poder assistir Nomis?

DR: Estamos no processo de achar sua casa, então notícias estão próximas


HCO:
Você já era fã de Henry como Superman?

DR: Eu cresci nunca era em que só havia o Superman cinematograficamente. A performance de Henry me levou diretamente de volta para minha infância, que é o maior elogio que posso fazer.

HCO: Qual sua reação para as notícias recentes de que Henry pode não mais interpretar Superman?
DR: Eu espero que não seja verdade. Eu vi um pronunciamento da Warner de que não é verdade. Eles são um estúdio icônico de Hollywood por um motivo e já uma quantidade incrível de pessoas talentosas por lá, tenha fé. Henry É o Superman e em muitos sentidos, o Superman perfeito. Como fã, como você, eu quero vê-lo voar.
Como alguém que acabou de trabalhar com ele e passou a conhecê-lo, estou animado de vê-lo interpretar Clark Kent em tudo. Henry tem um incrível tempo cômico e carisma, tudo que encorpora o Clark que eu amava ler, que é ele se fazendo de bobo, mas tem essa qualidade maliciosa de ele saber que é o Superman. Você deixar Henry solto pra interpretar isso, o que nós não vimos antes… é animador! Eu acho que é isto que faz Henry O Superman de nossa geração; ele presciência física sincera que aguenta qualquer coisa, mas ele também é capaz de se divertir com isso como Clark Kent. Como ator, é uma grande escala porque ele abraça ambos esses tons do personagem, o fato de não terem explorado ainda esse equilíbrio é um campo animador. Eu serei o primeiro da fila com vocês para assistir isso.

HCO: Você viu Missão Impossível – Efeito Fallout?
DR: Quatro vezes. Quando Henry falou minha primeira pergunta foi “McQuarrie vai dirigir?!” Ele é um dos meus cineastas favoritos e dado o fato de que nunca tive a chance de estudar Cinema, estudar pessoas como ele essencialmente se tornou meu aprendizado. Ele estabelece o ritmo para que você tenha esse épica, embalada série de ação contra um núcleo muito emocional e intimista.
Dito isto, eu comemorei junto com tudo mundo quando Henry sucumbiu com o gancho do helicóptero na rosto.

HCO: O que vem agora pra você?
DR: Coisas que eu escrevi e eu adoraria dirigir. Coisas que eu estou lançando eu adoraria dirigir. Coisas que estou escrevendo e sonho dirigir.

Nós agradecemos David por tirar um tempo para conversar conosco sobre Nomis, Henry Cavill e sua experiência no LAFF. Ele pode ser encontrado em suas contas no Instagram e Twitter.


Ainda essa semana vamos postar os melhores momentos da premiere de Nomis e continue com seu Portal Henry Cavill que vamos continuar postando tudo sobre o thriller!

»»»  Check out the interview in english at the Henry Cavill Org website. «««

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *